jan 24

Chico Xavier e a Umbanda

chico_xavierDia 30 de junho de 2014 relembramos a morte de um dos mais iluminados médiuns que já passaram pela Terra. Chico Xavier faleceu nesta data, em 2002, com 92 anos.

Conforme relatos de amigos e parentes próximos, Chico dizia que iria “desencarnar” em um dia em que os brasileiros estivessem muito felizes e em que o país estivesse em festa, para assim o desencarne dele não causar tristeza.  O país festejava a conquista da Copa do Mundo de futebol daquele ano, no dia de seu falecimento (Chico morreu cerca de nove horas depois da partida Brasil x Alemanha).

Abaixo, reproduzimos trecho de uma entrevista feita com o médium em 1976 pela jornalista Alcione Reis em que Chico trata de alguns temas, principalmente da relação entre Espiritismo e Umbanda:

***

A Umbanda e o Espiritismo caminharão juntos na evolução do Brasil?

Chico Xavier: Acreditamos que todos nós, os cristãos, estamos caminhando para a vitória do Cristianismo no Brasil.

Por que a mediunidade no Brasil é mais do que no resto do mundo? Estará esse fenômeno incluído na evolução do povo brasileiro?

Chico Xavier: Os espíritos amigos sempre nos informaram que estes fenômenos se devem a características de povo cristão que marca a comunidade brasileira. O espírito do Cristo é profundamente assimilado pela maioria daqueles que nasceram na terra abençoada do Brasil. E por isso mesmo a revelação tem aqui dimensões talvez maiores que em outras partes do mundo até que o espírito de Cristo consiga também ser assimilado no Brasil e até outros países.

A seu ver como sente a Umbanda atual?

Chico Xavier: Eu sempre compreendi a Umbanda como uma comunidade de corações profundamente veiculados à caridade com a benção de Jesus Cristo e, nesta base, eu sempre devotei ao movimento umbandista no Brasil o máximo de respeito e a maior admiração.

Chico, cada religião traz ou deve trazer algo de verdadeiro que possa contribuir para a salvação dos seus seguidores (o Hinduísmo trouxe o dharma para os Hindus; o Hermetismo, a ciência e o poder das forças ocultas; o Orfismo é a religião da beleza para os gregos; o Cristianismo o amor e assim por diante) O que traz de positivo a Umbanda?

Chico Xavier: A meu ver o movimento de Umbanda no Brasil está igualmente ligado ao espírito de amor do Cristianismo.  Sem conhecimento de alicerces umbandísticos para formar uma opinião específica, eu prefiro acreditar que todos os umbandistas são também grandes cristãos construindo a grandeza da solidariedade cristã no Brasil para a felicidade do mundo.

O que você acha do mediunismo na Umbanda através de “Caboclos” e “Pretos velhos?”

Chico Xavier: Acredito que o mediunismo no movimento de Umbanda é tão respeitável quanto a mediunidade das instituições kardecistas com uma única diferença que eu faria se tivesse um estudo mais completo de Umbanda: é que seria extremamente importante se a mediunidade recebesse a doutrinação do espírita do Evangelho com as explicações de Alan Kardec, fosse onde até mesmo noutras faixas religiosas que não fosse a Umbanda. Porque a mediunidade esclarecida pela responsabilidade decorrente dos princípios cristãos é sempre um caminho de interpretação com Jesus de qualquer fenômeno mediúnico.

Link permanente para este artigo: http://www.casaluzdoamanha.com.br/home/chico-xavier-e-a-umbanda/