mar 17

GRÁFICO: Os Chakras e os Orixás

CHAKRAS E ORIXAS

O “chakra da coroa ou coronal”, ele é o chakra do sentido da fé. O sentido da fé está ligado a Oxalá, a pai Oxalá e mãe Logunan. Então, este é o chakra de Oxalá? Sim. Este é o chakra do sentido da fé que pertence a Oxalá e Logunan. No entanto, no centro desse chakra estará vibrando do meu Orixá ancestral. No meu “chakra de frente” que é esse chakra que está na glândula pineal, que está mais relacionado ao raciocínio e ao pensar, aqui está o sentido do conhecimento. Esse sentido do conhecimento pertence a pai Oxóssi e mãe Obá. Na frente do frontal vibra o meu Orixá de frente e na parte de trás do frontal vibra o meu Orixá de juntó. No terceiro chakra que é o “chakra laríngeo”, eu tenho aqui o chakra da lei, da ordem, da ordenação. Então, esse sentido pertence ao pai Ogum e a mãe Iansã. Ainda assim, nesse chakra na sua abertura da frente vai ter um Orixá vibrando aqui e outro Orixá aqui, que diz respeito de que maneira eu lido com essa força. Então, se eu tenho um Orixá de frente no chakra do conhecimento, da informação, esse Orixá diz respeito da forma racional como eu lido com as questões do conhecimento, do meu dia-a-dia, o tempo todo. A parte de trás é a parte emocional, então, o Orixá de juntó diz respeito como eu lido de forma emocional com as coisas do dia-a-dia. Da mesma forma quando eu chegar no “cardíaco”, que é o chakra do amor. Então, independente de quem seja o meu Orixá ancestral, o meu Orixá de frente ou o meu Orixá de juntó, o“chakra cardíaco” é o chakra de Oxum e Oxumaré. O lado racional pra frente, o lado emocional pra trás ou o lado universal pra frente, o lado cósmico pra trás. Independente de quem seja os meus Orixás, independente, há um Orixá que vibra no centro do meu cardíaco, o meu cardíaco é o chakra do amor e no centro dele está vibrando um outro Orixá, que vai dar uma nuance, uma sutileza de como eu lido com as questões do amor. Então, independente de ser um filho, uma filha de Oxum, de Iemanjá, de Oxóssi, de Ogum, aqui você tem mais um Orixá que está te direcionando nas questões do coração. E a gente dá essa sequência chegando no “chakra esplênico”, que é o chakra da evolução. A evolução pertence ao pai Obaluaiyê e a mãe Nanã Buruquê, da mesma forma nesse chakra vai haver um outro Orixá vibrando nesse chakra, que a parte da frente é racional, a de trás emocional. O “chakra umbilical”, que é o chakra do meio, que aqui é considerado o chakra de fogo, o caldeirão da vida. É o chakra da justiça, o chakra da balança, o chakra do equilíbrio, ele é o chakra do nosso pai Xangô e da nossa mãe Egunitá. Do “chakra básico”, que é o chakra do sétimo sentido da vida, é o chakra da energia criadora, o chakra da energia geradora, é o chakra da nossa mãe Iemanjá e do nosso pai Omulú.

Link permanente para este artigo: http://www.casaluzdoamanha.com.br/home/grafico-os-chakras-e-os-orixas/