dez 23

São Benedito

sao_beneditoBenedito nasceu na Sicília por volta de 1526, filho de negros que haviam sido escravos vindos da Etiópia, mais tarde libertos por seus senhores. Sua família era pobre, e Benedito foi pastor de ovelhas e lavrador. Ingressou num convento franciscano de Palermo, capital da Sicília, e foi religioso exemplar, primando pelo espírito de oração, pela humildade e pela obediência. Andava descalço, dormia no chão sem cobertas e fazia muitos outros sacrifícios. Muitos eram os que o procuravam em busca de conselhos e orações e alcançavam muitas curas.

Depois de 17 anos, mudou-se para o Convento dos Capuchinhos, onde foi escalado como cozinheiro, permanecendo nesse serviço até ser eleito por seus irmãos de comunidade como superior do Mosteiro. Era leigo e analfabeto, mas foi eleito por sua santidade, prudência e sabedoria. Considerado iluminado pelo Espírito Santo, profetizou muitas vezes com incrível acerto. Foi favorecido por Deus com o dom dos milagres. Tendo concluído seu período como superior, retornou com humildade e naturalidade para a cozinha do convento, reassumindo com alegria as funções modestas que antes desempenhara. Sempre que podia, São Benedito apanhava alguns alimentos do convento e, disfarçadamente, os levava aos necessitados. Conta-se que numa dessas ocasiões, Benedito foi surpreendido pelo superior do convento, que perguntou: “Que levas aí, na dobra do teu manto irmão Benedito ?” E Benedito respondeu: “Rosas, meu senhor !”. Benedito desdobrou o manto franciscano e, em lugar dos alimentos suspeitados, apresentou aos olhos pasmos do superior uma braçada de rosas vermelhas, e as pétalas espalharam-se pelo chão. Assim, o negro que se tornaria santo se livrou de um castigo ao transformar pães em flores, milagre que fez dele um dos exemplos mais inspiradores do Cristianismo.

Amado de Norte a Sul do Brasil, São Benedito, por estar sempre preocupado com o bem-estar dos mais necessitados, é considerado o Protetor dos Pobres. Morreu em 4 de Abril de 1589 em Palermo, na
Itália..

O culto de São Benedito, um dos mais populares no Brasil, é associado aos padecimentos do negro brasileiro, tendo sido muito difundida sua devoção entre os escravos. Por isso, é também considerado o Protetor dos Negros. Em São Paulo, São Benedito é intensamente festejado. A devoção a São Benedito é muito forte e difundida por todo o estado, motivando grandes festas e a atuação dos congos, moçambiques, jongos e batuques, danças e festejos tipicamente afro-brasileiros. Suas estas se estendem por todo o ano, estabelecendo um verdadeiro Ciclo de São Benedito.

NA IMAGEM DE SÃO BENEDITO, a coroa e a auréola simbolizam o resplendor do santo; O manto identifica São Benedito como um fiel franciscano e o bebê em seu colo é um simbolismo do amor à pobreza, representado no Menino Jesus.

SÃO BENEDITO NA UMBANDA

A divisão das Linhas de Umbanda e seus respectivos chefes de Legiões é um assunto que tem diversas interpretações, mas existem as mais usadas e aceitas. Cada Linha corresponde a um grande exército de Espíritos, os chamados ” Falangeiros ” da Umbanda. Cada Linha é composta por sete Legiões, e cada uma dessas Legiões tem os seus respectivos chefes.

São Benedito é Chefe de Legião da Linha de Oxalá, a primeira Linha de Umbanda, que é uma Legião que agrega Espíritos que na Terra tiveram grande sentimento religioso, representa a linhagem dos Pretos Velhos.

Link permanente para este artigo: http://www.casaluzdoamanha.com.br/home/sao-benedito/